Crasy Júlio Iglecias- Youtub ( Aperte que toca).

Loading...

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Tempo....Grande Mestre...




Tempo....

O maior de todos os mestres chama-se tempo.
Apaga dores, amores, desamores.
O tempo faz com que esqueçamos as magoas,os risos...
 A desilusão natural quem vive em um lugar chamado terra.
O ser humano esquece que se o simples fosse visto, sentido e vivido, a dor seria nada.
Nós criamos seres endeusados que nada tem com a realidade deste mundo doente.
O constamento de que nascemos , vivemos e morremos sós deveria ser tão natural como existir.
Criamos fantasias de amores que nunca se concretizaram, de sonhos que que não vivemos, da vida que sublimamos.
Que bom seria se o mais simples fosse visto.
Se o amor fosse simplesmente sentido e vivido, mas criamos mais uma vez barreiras.
Se o ser humano olhasse para os lados, para frente e para trás, conseguiria ver o tempo...
O antes como aprendizado, o hoje como experiência e o amanhã como reflexo do todo.
E mais uma vez lamento...porque o homem não olha o mais simples, não vive o mais simples...
Como o tempo eu passo por um mundo que repete contos de um viver carente, doente e sem nenhuma doação.
Como seria bom que apenas o mais simples fosse visto!

Bia Castellano