Crasy Júlio Iglecias- Youtub ( Aperte que toca).

Loading...

sábado, 17 de setembro de 2011

Charles Chaplin






Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz


Charles Chaplin

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Mahatma Gandhi





PARA QUE GRITAR?
Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos :
"Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas ?"
"Gritamos porque perdemos a calma", disse um deles.
"Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado ?",
questionou novamente o pensador.
"Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça",
retrucou outro discípulo.
E o mestre volta a perguntar :
"Então não é possível falar-lhe em voz baixa ?"
Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador.
Então ele esclareceu :
"Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido ?"
O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se
afastam muito.
Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente.
Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir
um ao outro, através da grande distância.
Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas ?
Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê ?
Porque seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena.
Às vezes estão tão próximos seus corações, que nem falam, somente sussurram.
E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas
se olham, e basta.
Seus corações se entendem.
É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.
Por fim, o pensador conclui, dizendo :
"Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não
digam palavras que os distanciem
mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais
encontrarão o caminho de volta".

Mahatma Gandhi

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

OSMAR SANTOS....Minha homenagem a você amigo.








Bola da Copa do Mundo 2014 pode se chamar “Gorduchinha”

Iniciada por amigos do locutor Osmar Santos, campanha pretende batizar a bola da Copa do Mundo 2014 de “Gorduchinha”. O nome é referência a um dos bordões eternizados pelo Pai da Matéria: “Pimba na Gorduchinha”.
O movimento tem o Twitter e o Facebook como interface, e conta com quinze administradores e o apoio de mais de mil pessoas nas duas redes. As postagens no Facebook foram vistas cerca de 50 mil vezes no último mês.
A campanha foi iniciada em dezembro de 2010 pelo publicitário Delen Bueno que, durante um almoço com o Osmar, teve a idéia de batizar a bola. “O Osmar aprovou prontamente”, disse. Ao contar para a radialista Mariângela Ribeiro, a campanha tomou forma e as páginas foram criadas.
Porém, foi apenas no aniversário de Osmar Santos, em julho deste ano, que a empreitada ficou mais conhecida. “Muitos portais na internet noticiaram a pretensão de chamar a bola de Gorduchinha. Agora, a campanha vem crescendo todos os dias”, contou Bueno.
“O interessante é que as pessoas que apóiam a campanha nos mandam conteúdo”, explicou Mariângela. Entre as postagens mais vistas e replicadas estão os gols históricos narrados por Osmar.
“Celebrar”, esse é o significado de Jabulani – nome da bola usada na Copa de 2010, na África do Sul. Gorduchinha é fruto do exemplo de superação que o Osmar foi e é para todos os fãs. Osmar Santos sofreu um acidente em 1994 que afetou sua fala e mobilidade. Desde então, dedica-se a pintar quadros.
Meu carinho amigo, Bia.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Paz!





Hoje eu quero paz
Quero o silêncio do lar da mata do luar
Quero sentir meu sonhar
Quero apenas pensar
Hoje, só =mente eu comigo
Sem amigos sem amores
Sem família ou ao menos flores
Preciso meditar
Estou triste
Sei que passa
Apenas hoje me esqueças
Desliguei celular TV computador
Preciso entender esta dor
Que me aflige e ameaça
Hoje é um dia sem poesia
Sem sol sem chuva sem vento
Apenas eu e o momento
Meu encontro singular
Olho para o alto e oro
Eu e DEUS apenas
Converso alto choro
Ando ligeiro e imploro
Meus pés estão torpes
Meu corpo cansado
Vejo seu vulto ao meu lado
A dor da perda aflorou
Meu coração dispara
Nem sequer ouço tua fala
Teu rosto sofrido
Olhos marejados coração ferido
Sento a seu lado em silêncio
Nada temos a falar
Apenas a lamentar
A vida nos separou
Sigo só na caminhada
Anoitece vejo o céu
Mais uma vez Paí Maior
Olha por nós
Sei que me escutas
Entendes-me e acaricias
Sinto frio estou exausta
Abraças-me seguimos em silêncio
Apenas hoje SENHOR olha por nós.


Bia

Poetar de sonhos...



Meu poeta preferido
Com o qual vivo a sonhar
POETA querido
Você me fez acordar

Mas acordei para o sonho
Eu não sonhava mais
Embarquei no seu sonho
E comecei a me enamorar

Foi através da poesia
Que trocamos juras e amor
Assim poetamos juntos
No mais completo calor.

Bia.

Caminhos dos sonhos



Pelos caminhos que andei
Muitos sonhos sonhei
Mas jamais imaginei
O que na poesia encontrei

Vi um moço charmoso
Lindo e garboso
Começei então a sonhar
Alí mesmo a quatro mãos começamos sonhar

Aos poucos e a poetar
Creio me fiz notar
Seu sorriso uma beleza
Seus olhos a me encontrar

Mas um belo dia
No encantamento da poesia
Um poema meu levou
Foi ali naquela hora

Você nunca mais foi embora
Virou meu parceiro de sonhos
Começei a poetar
E você a completar

A vida tem destas coisas
Afinidades poéticas
Mas para isto exista
É preciso ser POETA.

Bia

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Um conto...



Foi assim....
Você entrou aos poucos me conquistou
Deixando ficar pra trás
O passado que passou...
Pensamos com muita afinidade de alma
E com muita calma
Navegas em meu pensar
Olhamos na mesma direção
Não senti seu toque
Nada sei de sua estrada
É que em minha caminhada
Você surgiu do nada
Meu coração eu lhe dou
Mas... Eu quero saber meu querido
Se sou plural ou singular?
O que restou?


Bia.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Sonhando...






Hoje eu vou te visitar
Quero te dar um abraço
Sonhar em teus braços
Poder te tocar
É um dia especial pra nós
Preciso agradecer ao Pai maior
Que te colocou no meu sonhar
E junto a você quero
Ficar...
Amar
E por uma eternidade
Jamais te deixar
Meu amor
Que todos os seus sonhos possam se tornar reais
Que todos os meus sonhos possam ser reais
E que juntos ainda consigamos poetar e amar sem Limites....
Hoje mais do que ontem estou em você
Hoje mais do que ontem estas em mim
Sei que em algum lugar em nós sonhos irão desabrochar
Esta é a grande magia que conseguimos plantar.


Bia.