Crasy Júlio Iglecias- Youtub ( Aperte que toca).

Loading...

sábado, 14 de julho de 2012

Quisera..

Quisera...

Quisera eu ter te amado quando me amastes
Quisera ter sentido o coração bater em descompasso apenas por te ver
Quisera ter contigo divido os dias e as noites bem e mal dormidas
Quisera ter dentro de mim um grande amor
Perdoa amigo querido foi maior que eu
Os desencontros de sentimentos vieram em momentos que não consegui te explicar
Quando notei sentir algo diferente era uma amizade forte presente
De mim estavas ausente foi desencontro não amor
Ou um amor de amizade de você sente saudades
Amigo também é um grande amor
Quisera amigo ter por ti sentido outra forma de amor
Quisera...

Bia Castellano de Almeida

domingo, 8 de julho de 2012

Superação



Sinto-me cansada estou fraca, mãos geladas, tento desesperadamente aquecê-las em mim.
Meus braços esfregam as mãos.
Perna bamba meu corpo esta sem forças, andei muito e não consigo chegar, meus olhos fitam a linha do infinito, nada desponta.
Aos poucos ando mais devagar, minha respiração se torna difícil, o ar esta pouco sinto muito Frio.
Meus lábios ressecados pelo tempo a sede pedem água...
Assalta-me o medo...
Choro e ando, preciso chegar.
A noite se aproxima e com ela despontam as estrelas confundem-me...
Acendem e se apagam, estou tonta, preciso seguir...
Tento apressar a caminhada, sei que estas a minha espera ou não?
Avisto a casa, longe para quem esta exausta.
Falta muito pouco...
Vou conseguir, cheguei.
Olho em volta e não te encontro não estas, jogo-me na cama e durmo ainda em prantos.
Acordo muito tarde, olho em volta, a casa como eu está calma, um novo dia raiou, saio, respiro o ar puro do campo aberto.
Sinto-me nova...
Feliz, não importa se não estas aqui...
Nada neste momento importa apenas a felicidade de ter chegado eu me venci!

CP 62 BIA CASTELLANO