Crasy Júlio Iglecias- Youtub ( Aperte que toca).

Loading...

domingo, 13 de maio de 2012

Páscoa......O que é????

O Espiritismo não celebra a Páscoa, mas respeita as manifestações de religiosidade das diversas igrejas cristãs, e também não proíbe que seus adeptos manifestem sua religiosidade.

Páscoa, ou Passagem, simboliza a libertação do povo hebreu da escravidão sofrida durante séculos no Egito, mas no Cristianismo comemora a ressurreição do Cristo, que se deu na Páscoa judaica do ano 33 da nossa era, e celebra a continuidade da vida.

O Espiritismo, embora sendo uma Doutrina Cristã, entende de forma diferente alguns dos ensinamentos das Igrejas Cristãs. Na questão da ressurreição, para nós, espíritas, Jesus apareceu à Maria de Magdala e aos discípulos, com seu corpo espiritual, que chamamos de perispírito.

Entendemos que não houve uma ressurreição corporal, física.

Jesus de Nazaré não precisou derrogar as leis naturais do nosso mundo para firmar o seu conceito de missionário. A sua doutrina de amor e perdão é muito maior que qualquer milagre, até mesmo a ressurreição.

Isto não invalida a Festa da Páscoa se a encararmos no seu simbolismo. A Páscoa Judaica pode ser interpretada como a nossa libertação da ignorância, das mazelas humanas, para o conhecimento, o comportamento ético-moral.

A travessia do Mar Vermelho representa as dificuldades para a transformação.

A Páscoa Cristã, representa a vitória da vida sobre a morte, do sacrifício pela verdade e pelo amor. Jesus de Nazaré demonstrou que pode-se Executar homens, mas não se consegue matar as grandes idéias renovadoras, os grandes exemplos de amor ao próximo e de valorização da vida.

Como a Páscoa Cristã representa a vitória da vida sobre a morte, queremos deixar firmado o conceito que aprendemos no Espiritismo, que a vida só pode ser definida pelo amor, e o amor pela vida.

Foi por isso que Jesus de Nazaré afirmou que veio ao mundo para que tivéssemos vida em abundância, isto é, plena de amor.

BY Amilcar Del Chiaro Filho

PS: Respeito toda e qualquer religião, respeito quem não tem religião, respeito o ser humano independente de credo, time cor ou País, independente de precoceitos.Feliz feriado de Páscoa aos queridos amigos e familiares, Bia Castellano de Almeida.

Mãe

Homenagem que deixo para refletirem durante o mês de Maio, mês das mães.



Mãe

"Teus braços foram meu amparo
Teu seio meu alimento
Teu coração meu sentimento
Tua vida minha lição
Perdoa se hoje talvez muito tarde
Reconheça erro que fugi ao dever de agradecer
Pelas noites de vigília
Pela refeição
Pela roupa lavada
Pela dor com que acompanhavas meus dias de deslizes
Neste dia em que os filhos
Gratos e ingratos te lembramos
Recebe de minha parte a certeza de que venho pedindo a Deus
Jamais se repita o triste episódio no qual depositei em canto ínfimo da casa
Um coração tão grandioso como o teu.
Lembro-me das respostas maldosas
E do desentendimento por fugir a compreensão do teu amor.
Perdoa-me Mãe
E juntos peçamos á Deus a volta de nossos dias
Para que eu possa responder-te o que o tempo me ensinou
Que o teu amor e a tua falta me fizeram
Acordar do triste pesadelo do desprezo a que te ímpuz
Me aceita como filho necessitado em todos os dias de tua vida."

Celso de Almeida Afonso/Jair Presente.

Uma das mais belas mensagens que conheço, coloco todos anos desde 2002, para que seja lida. Independente de religião e fé.

Oração e saudades eternas

Amor eterno!

Poderia ser apenas mais um domingo de Páscoa, mas não o é.
Para mim este domingo tem cheiro de amor, mistura de carinho, ternura, saudade.
Domingo de Páscoa quando eu era menina, procurava ovos, ninhos escondidos.
O tempo foi passando e a situação inverteu...
Passei a construir ninhos para minha filhota encontrar.
O renascimento a aparição do Cristo era o que fazia lembrar Páscoa.
Mais um tempo veio o neto e segui fazendo ninhos para ele procurar.
Hoje tudo mudou...
Este domingo passa a ser lembrança da aparição do Cristo
Passa a ser de saudade de um amor que me precedeu.
Neste domingo, três anos atrás me despedia de meu mano sem saber.
Quero dizer a você amigo querido
Que o domingo de Páscoa me lembra de todas as formas o céu
Hoje eu passo o domingo sem falar, só por hoje.
Oro o dia todo
Louvo a DEUS
Rogo a ti Pai Maior
Neste dia quando eu olhar para o céu
Terei a certeza de ver uma LUZ
A estrela maior é luz que me precedeu.
Vai em paz, meu Mano,saudades eternas de você, fica com DEUS.


Bia. (Eu tua Mana).

Chuva fina!



Mato fechado, cheiro de terra molhada, chove muito, esta fria.
Eu totalmente leve, ando por entre uma trilha fina, apresso o passo, nos arbustos molhados me firo, corro meu pranto ecoa no silêncio do vazio.
Cabelo molhado escorrem por meu rosto, pingos grossos de uma chuva incessante, nada me detém.
Avisto ao longe uma casa coberta de palha.
Sorrio, foi aqui que marquei com você. Estou cansada.
O que ainda me move é a lembrança de promessas trocadas, quando totalmente enamorada eu te descobri. Terra de chão batido, barro vermelho te encontrei aqui.
Estou quase chegando, corpo gelado, coração batendo em disparada abro a porta de nosso canto, e qual encanta o lugar é quente, a lareira improvisada com gravetos ilumina o lugar .
Teus olhos saltam como que sorrissem, seus lábios apenas ecoam ardentes palavras de amor.
No fogo em brasa reflete teu sorriso de alegria um brilho que irradia nosso abraço forte, meu norte em ti, teu norte em mim!

Bia Castellano de Almeida.

Praça "Isa Castellano de Almeida

Mãe

Quero através de algumas palavras dizer o quanto fostes importante em meu caminho.
De você recebi a vida, o amor a dedicação, o carinho, a amizade e a cumplicidade das mães.
Recebi os ensinamentos em todos os meus momentos de tristezas ou alegrias.
Estavas sempre ao meu lado, me fazendo compania
Procurastes ser a maior, a melhor e fostes.
Sempre presente ao lado da gente abraçavas a família.
Contigo aprendi a me alimentar, andar, amar, sorrir
Aprendi que com jeitinho e andando devagarinho chegaria a um bom lugar.
Com você mãe querida, aprendi que a vida não é passeio é lição
Carinhosa e dedicada, você por mim foi amada e vive dentro de mim.
Todo dia e muitas vezes, penso com carinho me pego rindo baixinho, lembrando alguma lição.
Mulher forte e corajosa, eras simples e suntuosa linda como ninguém.
Minha maior homenagem minha mãe, por tudo que me passou, valores que ensinou, o exemplo que deixou de uma mãe que era só amor.
Até teu nome era simples, apenas "Isa", parece que para ensinar que mesmo sem se mostrar onde entravas eras vista.
Leal amiga e parceira, fostes minha companheira nas alegrias na dor.
De ti recebi tudo, de lembranças só o que é bom.
Mulher altiva, inteligente, discreta e fina como ninguém.
Obrigada mãe querida, comigo dividistes a vida, o amor a doação.
Sempre amiga e companheira, estudamos juntas, trabalhamos lado a lado, dividindo com cuidado a família que DEUS deu.
Fostes fiel para todos, teu silêncio era uma prece , tua grande descrição.
Na minha vida estas presente, na vida de muita gente, você é lição de amor.
Virastes nome de Praça, homenagem merecida, para uma mulher desprendida que sempre se doou.
Meu agradecimento ao Vereador Reginaldo Pujol, que com seu projeto criou a Praça"ISA Castellano de Almeida"
Bairro Chapéu de Sol-Porto Alegre,RS.
Meu agradecimento e de toda minha família, meu respoeito vereador.
Prefeito Fortunati precisamos demarcar, organizar e arborizar a praça, a cidade agradece.
(Terreno do antigo Haras Santa Eulália de Chapéu de Sol.)
 Doado a prefeitura de Porto Alegre.

Beatriz Castellano de Almeida.