Crasy Júlio Iglecias- Youtub ( Aperte que toca).

Loading...

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Saudades de mim!





Hoje o dia amanheceu em festa
Pelos caminhos florescidos andei
Corri/ Sorri/Abracei-te
Em seus braços/Abraços/ Perdi-me
Em seus lábios senti o mundo mais bonito
O sonho sonhou
Meu mundo é de flores
Meu coração se abriu
O sol nos aqueceu
Nos campos andamos
Olhando os céus nos amamos
É noite e nem vi.
Vida em versos é poesia.
Tão simples e bela
Apenas eu pensando nela
E o mundo todo a sorrir
O tempo foi passando e eu ali relembrando
Palavras que não proferi
De amor e de carinho
Queria falar baixinho, mas não estavas aqui.
O amor cantar em meus versos
Com paixão só pra ti
Por isto sou poeta
Vejo a vida tão bonita
Toda enfeitada de fitas
Coloridas só pra ti
E quando eu canto a paisagem
É á Deus que estou louvando
Canto o mundo a natureza
Canto em verso a beleza
Canto a alma desnuda
Os caminhos coloridos
Os amores escondidos
Meus versos são pra ti.
Saudade de mim
Saudade da juventude
Que não vive mais em mim
Saudade das brincadeiras da infância
Da adolescência que se foi
Saudades dos se foram
É uma saudade alegre que me faça sorrir.
Saudade de casa cheia
De abraços e brincadeiras
Da família que eu sempre vou amar
Dos campos que eternamente irei lembrar
Dos rios a me banhar
Há que saudade
Das noites de lua cheia clareando a casa inteira
Do lampião a iluminar o caminho
Dos meus pais a conversar
Do mano tão amado sempre com piadas a contar
Saudade dos bolinhos de chuva
Dos quitutes da fazenda
Dos campos cheio de gado a pastar
E a lembrança me transporta
A uma vida gostosa de lembrar
A serenata na janela violão e cavaquinho
As vozes me fazem voltar.
Hoje eu senti saudades de mim!